O evento da Accenture no
Business Center da AMCHAM
é Carbono Neutro

Todas as emissões do evento da Accenture em 20/10/23, realizado no Business Center da AMCHAM foram neutralizadas, através de uma parceria com a Planton. Assim, desde a energia utilizada até o deslocamento do público até o local do evento, as emissões foram medidas e compensadas com créditos de carbono de validade na comunidade internacional.

Metodologia para apurar as emissões

O inventário de carbono adota a metodologia GHG Protocol.

Essa abordagem padronizada abrange três escopos de emissões: escopo 1 (emissões diretas), escopo 2 (emissões indiretas relacionadas à eletricidade) e escopo 3 (outras emissões indiretas, como transporte dos participantes e destinação dos resíduos).

Assim, o evento destacou a seguintes fontes de emissão prioritárias:

  • Escopo 1

    emissões de uso de gás para preparação das refeições e os geradores de energia

  • Escopo 2

    energia elétrica utilizada da rede pública

  • Escopo 3

    emissões através dos resíduos que não puderem ser aproveitados em reciclagem, o transporte de cenário e estrutura em caminhões e deslocamento last mile do público do evento

Ao utilizar o GHG Protocol, garantimos que nosso inventário de carbono esteja alinhado com as melhores práticas globais, promovendo a transparência e possibilitando a tomada de decisões informadas para reduzir nosso impacto ambiental e contribuir para a sustentabilidade.

O inventário de emissões

Aqui você tem acesso ao inventário completo de emissões do evento, realizado a partir dos dados levantados pela equipe do Business Center. Nestas duas páginas, você terá uma visão completa de onde ocorreram as emissões e poderemos, juntos, avançar para uma eficiência cada vez maior em termos de emissão.

Ambiente de sustentabilidade

O Business Center da AMCHAM entrega para os eventos um ambiente voltado à sustentabilidade, com cisterna para captação de água da chuva, cuidado com a destinação de resíduos e eficiência energética.

Compensação das emissões através de créditos de carbono

Todas as emissões apuradas no evento foram compensadas através de créditos de carbono de validade na comunidade internacional.

 

PROJETO DE ENERGIA RENOVÁVEL DO CEARÁ

O foco do projeto é permitir a substituição da lenha nativa (biomassa lenhosa não renovável) por diversas biomassas renováveis e outros resíduos orgânicos como coco e derivados de arroz.

A troca de combustível resulta na redução de emissão de gases de efeito estufa e desencoraja o desmatamento para obtenção de lenha.

A atividade é o projeto agregado de cinco fábricas de cerâmica vermelha pertencentes ao Grupo Tavares, uma empresa familiar que possui várias fábricas de cerâmica no Estado do Ceará, Brasil.

O projeto segue o padrão The Gold Standard®, apoiado pela WWF, que, atualmente, é a certificação mais rigorosa a nível mundial para projetos de redução de emissão de GEEs.

Alguns benefícios diretos:

  • Geração de renda para as comunidades locais – até o momento USD 4.500.000;
  • Melhoria das condições de trabalho dos colaboradores (219 colaboradores);
  • Aumento da disponibilidade de água para a comunidade (a região é assolada por fortes secas);
  • Desmatamento evitado – 1.750 ha de floresta preservados em 10 anos, o equivalente a 1.400 campos de futebol;
  • Emissões evitadas de GEE – 36.173t de CO2e evitadas por ano.

Certificado de neutralização

Através do Certificado de Neutralização, temos as informações e acesso aos documentos oficiais que garantem lastreiam a neutralização das emissões do evento.

Para acessar o certificado diretamente na página da Gold Standard, clique aqui.

Entre em contato

Copyright ©2024 Planton. Todos os direitos reservados.
DEV Preciso Web